Já chega
de super ligas
O fiasco da super liga provou que o desporto europeu está à beira da catástrofe.   

Décadas de má gestão deixaram inúmeros clubes, comunidades e competições vulneráveis a aquisições hostis por parte de investidores predatórios cujo único objetivo é ganhar dinheiro.

Tudo tem limites.

Temos de transformar a onda de indignação, solidariedade e propósito comum que saudou a super liga num plano de ação claro, prático e de longo prazo a nível europeu.

O desporto é um bem social que pertence a todos, não apenas aos ricos e à elite. Agora, mais do que nunca, é crucial que as instituições da União Europeia, os Estados-Membros e os políticos trabalhem com adeptos e cidadãos preocupados para proteger o futebol e outros desportos em todo o continente.
PRINCIPAIS EXIGÊNCIAS
1
PROTEGER o modelo europeu de desporto
O modelo europeu de desporto baseia-se em princípios populares, como o mérito desportivo, a promoção e despromoção, a qualificação para a Europa através do sucesso interno e a solidariedade financeira. Este modelo e os seus princípios têm de ser protegidos ao nível da UE para evitar mais tentativas de rutura do estilo da super liga.
2
RECONHECER o valor social e a natureza específica do desporto na sociedade europeia
O desporto desempenha um papel importante na sociedade europeia, por incentivar a participação popular e englobar educação, saúde pública e cultura, assim como igualdade, diversidade e inclusão. Para milhões de europeus, o desporto é o seu passatempo, a sua paixão e o seu propósito. Não é como qualquer outro negócio. Isto tem de ser reconhecido na legislação da UE, nomeadamente nas regras da concorrência.
3
ENVOLVER os adeptos nas discussões para moldar o futuro a longo prazo do desporto europeu
A pandemia mostrou que os adeptos são uma das partes interessadas mais importantes do desporto europeu. Isto tem de ser reconhecido, envolvendo os fãs em os debates e decisões sobre o seu futuro a longo prazo.
O QUE É UMA ICE?
Uma Iniciativa de cidadania europeia (ICE) proporciona a pessoas e grupos a oportunidade de moldar as políticas da União Europeia (UE), ao solicitar à Comissão Europeia que proponha novas leis. Quando uma iniciativa atinge 1 milhão de assinaturas, a Comissão decide sobre as medidas a tomar.

De acordo com o Artigo 165º TFEU, Artigo 2º e 3º TEU, Regulamento (EU) 2021/1060, e Regulamento (EU) 2021/817, apelamos à Comission que adote uma Recomendação que forneça um quadro e diretrizes da UE para a ação dos Estados-Membros para:

  1. Proteger o modelo do futebol na Europa
  2. Reconhecer o valor social do desporto na sociedade europeia
  3. Reconhecer a natureza específica do desporto na regulamentação da concorrência da UE
  4. Reforçar a visão da UE e a política a longo prazo sobre o futuro e a governação do desporto europeu
QUEM SOMOS?
Win It On The Pitch é uma campanha coordenada por Football Supporters Europe (FSE).

Uma iniciativa de cidadania tem de ser proposta por um grupo com um mínimo de sete organizadores residentes em sete países diferentes da UE.

Organizado por:
Emilio ABEJON HUECAS
Helen BREIT
Ronan EVAIN
Martha GENS
Jussi HARTIKAINEN
Tomislav MILEIS
Niamh O'MAHONY
Herjan Boele PULLEN
Lara PELLEGRINI

Apoiado por:
Se a sua organização pretende manifestar publicamente o apoio à Win It On The Pitch, envie um email para contact@winitonthepitch.eu.

INICIATIVA DE

CIDADANIA

EUROPEIA

CONTACT@WINITONTHEPITCH.EU

Uma Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) é uma forma de propor medidas legislativas concretas junto da Comissão Europeia.

Proteger clubes,
comunidades e competições
Assine já a iniciativa de cidadania
e ajude-nos a atingir 1 milhão de assinaturas.